IGUAÍMIX.COM
 Iguaí . Bahia
  História
  Dados
  Como Chegar
  Pontos Turísticos
  Cultura
  Opinião
  Guia Comercial
  Vídeos
.
.
.
 IguaíMix
  O Site
  Equipe
  Contato
  Orkut
  Twitter
.
  Saúde
.
 

Doenças sexualmente transmissíveis – DST

As doenças sexualmente transmissíveis são doenças perigosíssimas, se não tratadas.  Entre elas temos: sífilis, gonorréia, APV, HIV, donovanose, dentre outras. Delas, as que trazem um risco maior são o HIV e a sífilis. Segundo a Drª Arleide Veiga, “As pessoas não dão muita importância à sífilis, apesar de ela ser bem perigosa. Muitas vezes ela passa despercebida, mas apresenta-se em forma de úlcera (ferida) no pênis ou na vagina, principalmente quando é passada de mãe para filho, é tanto que atualmente os cartórios exigem das mães, antes de registrar uma criança, o exame de sífilis, senão corre o risco de não ser registrada. Essa iniciativa ajuda a combater a doença”. Ao perceberem quaisquer sintomas é necessário procurar os postos de saúde e lá serão dirigidos ao devido profissional. Existe tratamento para todas as DSTs, existe cura após o tratamento para aqueles ocasionados por bactérias e fungos. Para as causadas por vírus, existe um controle medicamentoso. Essas doenças podem ter conseqüências quando não diagnosticadas corretamente.

O que são DSTs e quais principais causas e tratamento?

DST é a sigla usada para designar Doenças Sexualmente Transmissíveis, que são infecções transmitidas pelo contato sexual. Vários são os agentes que podem causar essas doenças: bactérias, fungos ou vírus. Os principais sintomas são corrimento vaginal ou uretral, úlceras genitais, vesículas ou verrugas na região genital. A presença dessas lesões é sinal de alarme e o paciente deve procurar orientação médica. Por exemplo, nas hepatites e na AIDS, o contato sexual serve como porta de entrada do vírus, não tendo sinais locais específicos. A prevenção das DSTs consiste principalmente no uso de camisinhas e limitação do número de parceiros. Essas doenças são tratáveis ou, no caso de doença por vírus, podem ser controladas pelo uso de medicamentos.

As doenças sexualmente transmissíveis são doenças transmitidas de uma pessoa para outra através do ato sexual (vaginal, oral ou anal). Algumas DSTs como a sífilis e a AIDS podem também ser transmitidas através do sangue contaminado e durante a gravidez para o bebê. As principais DSTs são: gonorréia (pingadeira), sífilis (cancro duro), cancro mole (cavalo), codiloma (crista de galo) herpes genital e outras. Os sintomas das DSTs, ou sinais de alerta, são: fluidos, bolhas, verrugas ou qualquer tipo de lesão na boca, ânus, pênis ou vagina, dor, ardência ou coceira nos órgãos sexuais, gânglios linfáticos (línguas) aumentadas e ou doloridas espalhados pelo corpo, principalmente na virilha, dificuldade de urinar, corrimento, inchaço, vermelhidão ou cheiro desagradável nos órgãos genitais. Para Carlos Roberto Carvalho, agente de saúde, é preciso muito cuidado quando os sintomas são apresentados. Buscando sempre o tratamento adequado com um profissional qualificado: “Não tome remédio por conta própria, procure imediatamente um médico, porque só o profissional de saúde saberá qual o tratamento certo para cada caso”. Quanto ao contato sexual, após a descoberta da infecção, ele alerta: “Evite contato sexual se você ou seu (sua) parceiro(a) estiverem com alguma DST, até que esteja curado(a). Fale com o parceiro(a) para que ele também vá ao médico”. Use camisinha em todas as relações sexuais. Previna-se contra as DSTs e a AIDS.

De olho na saúde

As DSTs são doenças em que se não tivermos cuidado, ou seja, se não nos prevenirmos, podemos adquiri-las através do ato sexual. Por isso é necessário nas relações sexuais usar camisinha, que é um método seguro que evita contrair a doença. A limitação da quantidade de parceiros diminui a chance de se contaminar. Algumas pessoas só ouviram falar em HIV, mas são várias as DSTs existentes. Algumas delas são: sífilis, gonorréia, candidíase, hepatites virais e outras. Geralmente a sífilis e a gonorréia são as mais comuns, sendo a sífilis a mais preocupante. Portanto prevenir é melhor do que remediar e, se por algum acaso o individuo vier a ser contaminado, e preciso o tratamento rigoroso.

.
 EVENTOS IguaíMix [ VEJA TODOS ]  
.
.
.
.
 Parceiros IguaíMix
.
.
.
.
 Comunidades IguaíMix
.
 
WebtivaHOSTING | webdesign da Bahia fatos & fotos agenda eventos esportes entrevista turismo religião classificados saúde cinema