Jussiape, uma cidade órfã

27/nov/2012 . 12:51


Um poeta diria a alguns anos atrás que, é como se as ruas, as pedras, as casas não quisessem mais falar. Talvez Itabira não fosse tão diferente de Jussiape. Sempre pensei nessa hipótese. Se Drummond aqui vivesse, provavelmente sentiria a mesma dor. Todos andam com os corações pesados, vivemos dias sombrios e de esperança fugida.

Procópio Alencar (Foto: Will Assunção/Jussi Up Press)

Talvez, nem todos soubessem o quanto Procópio Alencar era um homem de bem. Muitas vezes sem malícia e inocente. Era sem sombras de dúvida, uma figura paterna, acolhedora e generosa. Quem teve a oportunidade de conviver com o prefeito do povo, sabe o quanto ele era espirituoso, apesar de às vezes aparentar ser sempre sério.

Uma multidão em silêncio, de corações consternados e lágrimas sob a alma, este era o sinal mais claro de que toda a população perdera um grande líder. Do céu cinzento, caía uma neblina carregada de comoção. Houve outros momentos de emoção na maior tragédia política de Jussiape.

Mas a vontade de seguir em frente superou o choro. Enquanto a passeata fúnebre avançava pelo centro da cidade, uma canção expressava o quanto ele era amigo de todos. É difícil escrever o que sequer palavras conseguem expressar.

Ao final do sepultamento, o silêncio tomou conta da cidade que continuava calada, triste e esguia. O povo ainda sem rumo se sente perdido, afinal Procópio Alencar era considerado o ‘pai dos pobres’. E sempre será lembrado pelos seus grandes feitos.

Como médico, sempre prestou serviços ao próximo sem exigir remuneração quando o paciente não possuía condições. Reservado, aos olhos de muitos, Procópio Alencar e sua esposa Jandira Alencar, deixaram a família inteira que os amava, e o país inteiro comovido pela grande perda. Além de deixar a cidade que escolheu para dedicar sua vida, órfã.

Nós não apenas perdemos um líder, mas um amigo e um grande homem.

 

Por Will Assunção

Editor do Jussi Up

Comente agora

Comente esta matéria

Apelido:
E-mail:
Site:
Comentário:

Outras matériasvá para homepage

João Ubaldo Ribeiro nunca vai morrer, mas morreu o dragão

João Ubaldo Ribeiro nunca vai morrer, mas morreu o dragão(0)

No final da premiada obra de João Ubaldo Ribeiro, o sargento Getúlio Santos Bezerra, vendo a “força” que vem chegando, como a “morte deslizando pelo rio”, decide, como em todo o romance, encarar o desafio que lhe foi incumbido. Prestes a ser alvejado, num insano tiroteio entre ele e um pelotão, ele diz: “eu vou

Sobre Zúñiga, Neymar e “macacos”

Sobre Zúñiga, Neymar e “macacos”(0)

Os xingamentos ao colombiano que tirou da Copa a estrela da seleção revelam o Brasil em que a abolição da escravatura jamais foi completada O zagueiro Juan Camilo Zúñiga entrou bruto com o joelho nas costas de Neymar. Era um jogo duro e a seleção brasileira também já tinha protagonizado entradas fortes sobre membros adversários.

Maria Quitéria: heroína baiana

Maria Quitéria: heroína baiana(0)

Logo após a proclamação da Independência do Brasil, o Conselho Interino de Governo, sediado em Cachoeira na Bahia, conclamou os baianos do Recôncavo a se alistarem para luta da independência do Brasil. O escritor Brenno Ferraz (1923) que descreve a guerra da Independência da Bahia informa que Maria Quitéria solicitou o consentimento ao pai, Gonçalo

A Guerra da Bahia: um panorama

A Guerra da Bahia: um panorama(0)

A Independência do Brasil guardou para a Bahia episódios bastante intensos. Nesta então província, portugueses e brasileiros, em lados opostos, pegaram em armas para definir o futuro da porção americana do Reino Unido português. Esta guerra durou cerca de um ano e alguns dias, entre 25 de junho de 1822 e 2 de julho de

O homem e o meio ambiente

O homem e o meio ambiente(0)

Não há como falar em meio ambiente sem discutir a questão da sustentabilidade, pressupondo que sustentabilidade está intrinsecamente relacionada ao meio, às pessoas, às relações, usos, necessidades, sistemas produtivos. Portanto, sustentabilidade envolve todos os atos e relações do homem em sociedade e de sua interação com o meio em que vive. Os eventos que vêm se apresentando atualmente,

leia mais

PARCEIRO . IGUAIMIX

mattus

manoel lobo saitt

my baby - viviane otica vitoria

somai

Acesse o antigo portal

IGUAIMIX.COM WebtivaHOSTING | webtiva.com . webdesign da Bahia