Entrevista: Ed Wilson Santos

12/jun/2014 . 13:01


Ed Wilson Santos, fala sobre o fim da Quadrilha No Lume da Fogueira de Iguaí e lamenta a não participação, este ano, nos festivais no estado da Bahia. Fala dos prêmios que ganhou e da falta de apoio para a continuidade do trabalho.

Ed Wilson recebe prêmio em festival  (Foto: Arquivo Iguaí Mix)

Ed Wilson recebe prêmio em festival
(Foto: Arquivo Iguaí Mix)

Iguaí Mix – Por que a Quadrilha No Lume da Fogueira não vai participar dos festejos juninos deste ano, em Iguaí e em outras cidades da região?

Ed Wilson – Muitos fatores que impediram de a quadrilha não participar este ano. É com o coração partido, com o coração sangrando que eu estou nesta entrevista com você para falar que a Quadrilha No Lume da Fogueira não vai participar de nenhum festival, apesar de ser reconhecida na Bahia inteira, com tantos troféus que estão lá em casa, não tem lugar nem para colocar mais. Mas, infelizmente, não tivemos o apoio necessário nos últimos anos que se passaram e nós acabamos perdendo a classificação em alguns festivais por causa do figurino. Então, nós decidimos não participar, porque para participar de um festival de quadrilhas, em que os grupos que se apresentam estão com um figurino de cinco, seis mil reais e nós com um figurino de, no máximo, dois mil reais, não tem como.

Quadrilha No Lume da Fogueira (Divulgação)

Quadrilha No Lume da Fogueira
(Divulgação)

Iguaí Mix – Isso indica que a quadrilha também não vai participar aqui em Iguaí, nas festividades juninas como o São Pedro de Iguaibi e outros eventos juninos que aconteciam aqui em Iguaí nos distritos?

Ed Wilson – O nosso objetivo maior era levar o nome de Iguaí para outras cidades, para o estado da Bahia. Já que nós não temos essa possibilidade de fazer, então não é do nosso interesse montar uma quadrilha para se apresentar somente em Iguaí, já que todos os componentes estão acostumados a participar também em festivais lá fora e isso é importante para a culminância de nosso trabalho.

Iguaí Mix – O trabalho da quadrilha não se resumiu somente em participação em evento, era um trabalho de muitos meses envolvendo adolescentes e jovens da nossa cidade, sendo, por isso mesmo, um trabalho muito importante para Iguaí, principalmente para a juventude da nossa cidade. Como é que ficam os participantes da quadrilha em relação a isso?

Ed Wilson – Eu estava até fazendo um levantamento essa semana e eu estava comentando a respeito disso. Vários jovens que saíram do álcool, das drogas, da prostituição por causa da quadrilha. Então, eu estou muito preocupado com esses jovens que não têm mais o que fazer, que saíram da quadrilha que era um ponto de apoio que eles tinham e estão aí sem nada para fazer, sem um grupo, sem nada.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Iguaí Mix – Quanto tempo duravam esses ensaios?

Ed Wilson – Os ensaios começavam logo após a Festa de Setembro, onde eu tinha a barraca que arrecadava dinheiro para ajudar no figurino e, logo depois, a gente começava os ensaios até o dia 22 de junho do ano seguinte.

Iguaí Mix – Como era a recepção às apresentações da quadrilha nos festivais em outras cidades da Bahia?

Ed Wilson – Lá fora, era excelente, às vezes, éramos mais bem tratados do que em nosso próprio município. Tinha recepção, tinha onde ficar, éramos tão bem recebidos que não tenho palavras para explicar.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Iguaí Mix – Qual foi o verdadeiro motivo para a quadrilha parar, não se apresentar mais?

Ed Wilson – Em primeiro lugar, é financeiro. Quem trabalha com cultura como você sabe que precisa de um apoio fixo para o grupo. Eu não digo, no nosso caso, principalmente, em relação ao figurino, porque não falo nem em alimentação ou hospedagem, mas o figurino, porque se você não tiver um bom figurino, não adianta ter um bom trabalho, porque você não vai ganhar nada.

Iguaí Mix – Em relação ao seu trabalho, você parou esse trabalho com a Quadrilha no Lume da Fogueira, mas foi convidado para realizar esse trabalho de quadrilha junina em outro lugar, outra cidade?

Ed Wilson – Eu fui convidado por Rogério Sagui, um professor de dança da Poções para trabalhar na quadrilha dele. Então, é uma oportunidade que eu tive de voltar a ganhar títulos de novo, porque o apoio lá em Poções foi excelente, tanto financeiro, quanto o apoio cultural, o apoio ao meu trabalho, eles me trataram super bem. É uma excelente equipe, que tem tudo para trazer vários troféus para Poções. É uma pena que eu não esteja fazendo esse trabalho por Iguaí. Eu gostaria de estar em Iguaí, mas infelizmente, eu não estou na minha cidade não por minha vontade.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Iguaí Mix – Iguaí tem muitos artistas e grupos premiados – poetas, compositores, músicos, grupo de teatro, grupo de dança, a sua quadrilha, por exemplo, mas nós percebe-se que está tudo muito parado. O que você acha que está faltando em relação a esse apoio cultural aos grupos e artistas da nossa cidade?

Ed Wilson – Eu acho que Iguaí é um berço de artistas. Temos artistas de todas as formas, temos cantores, poetas, compositores e grupos artísticos premiados, mas precisa de um apoio mais forte à cultura. Nós montamos um grupo de hip hop, o Elite X, que não foi à frente porque nós íamos viajar numa sexta-feira, participar de um evento completo, receber certificado de todos os dias. Infelizmente, só chegamos lá no último dia do evento, por falta de transporte. Só conseguimos o transporte no sábado, iria haver várias oficinas, de dança, de grafitte, mas não pudemos participar e isso deixou os garotos que participavam do grupo muito revoltados.

Iguaí Mix- Quanto aos locais que vocês ensaiavam, eram adequados para isso? Você não acha que é necessário em nossa cidade um espaço mais adequado para o ensaio desses grupos de dança, de teatro e da quadrilha junina, por exemplo?

Ed Wilson – Comparando com Vitória da Conquista, Firmino Alves, Itororó, Ilhéus, as cidades em que eu trabalhei e que eu venho trabalhando, porque eu conheço algumas quadrilhas, a de Poções, por exemplo, comparando os espaços de lá com os daqui, nós não temos espaço. A gente ensaiava hoje em um colégio, amanhã, em outro. Às vezes, os diretores não queriam, diziam que a escola estava ficando desarrumada. Na maioria das vezes, ensaiávamos na quadra do CENAV.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Iguaí Mix – Como você se sente hoje sabendo que a quadrilha não vai participar mais de festivais e qual o seu projeto para o futuro? Você pretende voltar a organizar novamente uma quadrilha em Iguaí?

Ed Wilson – Não, infelizmente em Iguaí não tenho essa intenção. A não ser no SCFV, aqui em Iguaí, em que estou dando um apoio ao meu amigo Josino, mas para montar uma quadrilha para participar de festivais lá fora e de eventos culturais em Iguaí, não.

Iguaí Mix – Como você se sente, hoje, em perceber que essa quadrilha não vai mais se apresentar, que esse trabalho foi encerrado, um trabalho de tanto tempo?

Ed Wilson – Eu trabalho com quadrilha há muitos anos. Trabalhei seis anos em Ilhéus, onde eu conquistei seis títulos consecutivos. Depois eu vim para Iguaí em 2000, montei a quadrilha aqui, onde eu estou há quatorze anos, ia completar este ano. É triste, estou muito triste. Estava vendo esta semana, no BA TV, as quadrilhas ensaiando, meus olhos chegaram a encher de lágrimas, porque você participa todo ano. Estava até comentando com a minha mãe que todos os anos a gente passa o São João viajando, participando dos festivais e este ano vou passar o São João dormindo, infelizmente.

Por José Carlos Assunção Novaes

54 comentários

#1NEILTON12 de junho de 2014, 21:50

Lamentável, como a cultura definha nesta nação , em quanto os governantes se preocupam em interesses pessoais,Mas eu acredito que esse desprezo é dado como troco pelos políticos aos que por sua vez vendem seus votos trocando pôr tantas coisas que não dão futuro tais,como padrão de time de futebol,patrocínio em festinhas populares, outras vezes até bebedeiras em bares.ELEITORES A VOSSA ARMA É A PRÓPRIA CONSCIÊNCIA E A SUA FORÇA É O VOTO.

#2Edu Oliveira13 de junho de 2014, 9:34

Lamentável… estou muito triste como artista, como ser humano, como filho de Iguaí. Uma vergonha que isso tenha acontecido. Meu abraço e meu carinho ao Ed Wilson e a todos os componentes da quadrilha No Lume da Fogueira… Muito Obrigado gente. Sintam-se orgulhosos, pois vocês fizeram a parte que lhes coube. Aplausos prá vocês!!!!

#3gel13 de junho de 2014, 20:58

E lamentavel porque uma quadrilha tao maravilhosa linda acabar assim cade o prefeito pra lutar e não deixa acabar a cultura da cidade e os jovens porque não luta pra não deixar cair a peteca lute crianças não deixe acabar esta cultura

#4peuzao17 de junho de 2014, 18:07

enquanto votos forem dados em troca de beneficio próprio nada vai muda ,
é por isso que temos que pensar muito antes de fazer as nossas escolhas………..SAO MAIS DE 60 ANOS DE ATRASO

#5Gean9 de julho de 2014, 12:38

Gente, alguém já notou que todos os grupos que fazem parte da cultura de Iguaí estão acabando? Isso acontece por falta de apoio ou sabotagem ou perseguição. Ed Wilson é mais uma vítima disso tudo. O gestor de cultura tentou usar os grupos para se aparecer e na quadrilha não foi diferente, quanfo ele não aparece em algum grupo, ele simplesmente persegue, sabota e acaba com o grupo, isso aconteceu com a quadrilha, com bandas, com grupos de danças, vem acontecendo c ok m grupos de poesia, de ternos de reis, de artesanatos, capoeira, e todos os outros grupos culturais que sempre existiram aqui na cidade, o gestor de cultura simplesmente está acabando com todos. Mas a culpa é do prefeito que nunca foi envolvido com cultura e nomeou um cara desses para acabar com a cultura que Iguaí tinha. Vai ser muito difícil recuperar esse valores em nossa cidade.

#6Amanda9 de julho de 2014, 14:33

Mas apoiar as quadrilhas juninas de Iguaí foi uma promessa de campanha do prefeito e está citado em seu plano de governo. Que história é essa de acabar com uma coisa que é referência para a Bahia? Onde estão os vereadores? O secretário de cultura? Onde estão as promessas do prefeito?
Ed Wilson, por favor não desista, aguente mais um pouco que só faltam dois anos pra essa situação cultural da cidade mudar. Não desista, lute como sempre você lutou.

#7Dinho9 de julho de 2014, 15:10

Não, não, mil vezes não. Se eles estão conseguindo desmotivar pessoas como Ed Wilson, imagine o que vai acontecer em mais dois anos e meio. Iguaí nunca esteve em uma situação dessas. Nossos artistas estão sendo executados sem ter força para reação. O que a secretaria de cultura está fazendo é um crime. Eduardo Cardoso tentou impedir o crescimento da cultura daqui durante muitos anos e agora colocam Magno pra acabar de vez com tudo. Isso é caso de polícia.

#8Ernesto9 de julho de 2014, 16:07

Decadência total da cultura de Iguaí. Mais um grupo que conseguiram desmotivar. Nota zero para a secretaria de cultura e seu gestor que mais parece um pavão de tanto que quer aparecer.

#9Viviane9 de julho de 2014, 16:42

Força Edwilson, sabemos do seu valor, da sua força e da sua luta, um dia essa situação vai mudar, essas pessoas vão sair e voce e sua quadrilha irão brilhar novamente pela Bahia. Não desista.

#10Jon9 de julho de 2014, 18:13

Eu lembro do prefeito prometendo que iria incentivar as quadrilhas e lembro também que quando Magno encostou na quadrilha e começou a participar e dar palpite, a quadrilha foi caindo de produção, fomos perdendo a originalidade, principalmente a garra e a criatividade diferenciada dos componentes foi sendo podada pelo diretor de cultura, pena que Edwilson de certa firma caiu nessa armadilha e deixou esse cara encostar na quadrilha e no grupo de dança só para se aparecer. Tudo que o gestor de cultura participa ou entra no meio é certeza acabar, ele quer aparecer mais que os artista e quando não consegue ele queima o grupo que passa a não ter apoio nenhum da prefeitura. Edwilson, não caia nessa armadilha, volte a ensaiar sua quadrilha, converse e peça apoio a pessoas que sempre estveram na cultura daqui, não desista, não entregue um trabalho de quase 15 anos de mãos beijadas pra esse grupo destruidor da cultura de Iguaí.

#11Mara9 de julho de 2014, 18:50

O que mais preocupa é que a maioria da população não está notando que a cultura de Iguaí está acabando. O diretor de cultura só faz uns eventos isolados pra ele tirar fotos e postar nas redes sociais. A cultura da arte está sendo trocada pela cultura marginal. Isso não pode acontecer, prometeram que a cultura ia ter apoio e até agora nada.

#12Zete9 de julho de 2014, 18:57

Força Edwilson. Você é mais forte que essa falta de apoio pois a cultura mora em você.

#13Beto9 de julho de 2014, 19:04

A situação da cultura ficou difícil, várias formas culturais pararam de se manifestar na cidade nesse um ano e meio. O difícil vai ser recuperar a motivação de quem fazia cultura na cidade e mais difícil ainda trazer os artistas que estão indo embora e os que estão prestes a ir.

#14Fernando9 de julho de 2014, 19:06

A cidade está morrendo e ninguém está notando.

#15Cali9 de julho de 2014, 19:07

# naodesistaedwilson

#169 de julho de 2014, 19:10

Esse mesmo gestor de cultura que está acabando com a nossa arte vai pedir votos aos artistas que sobrarem na cidade. Ele so quer votos e so quer ser vereador. Fiquem espertos e não caiam mais em promessas feitas por essa gente.

#17Mateus9 de julho de 2014, 19:26

Não existe apoio a cultura nenhuma de Iguaí. Toda manifestação artística tende a acabar nessa cidade, os interesses políticos do nosso gestor de cultura está destruindo toda forma cultural que existia na cidade. Uma pena que pessoas assim estão no poder e não podemos fazer nada.

#18Ricardo9 de julho de 2014, 19:47

Se isso não for atraso, é o quê? Iguaí está voltando no tempo, estamos vivendo a pior época cultural, esportiva, de saúde, de educação, de segurança. Nossos artistas tem alto nível e não são apoiados, o nível da educação está tão baixa que nossos jovens pararam de passar em vestibulares de universidades públicas, não temos seleções de volei, handebol, basquete, futebol e nenhum apoio é dados as dezenas de esportes praticados na cidade como corridas, bike, caminhadas, trilhas, capoeira, esportes radicais, artes maciais, levatamento de peso e muitos outros, nossa agricultura não funciona, mais de 90% dos alimentos são produzidos em outras cidades, na saúde nem remédio a gente acha nos postos, o meio ambiente parou, nossos rios continuam sendo poluidos e nossas matas sendo derrubadas, está tudo errado nessa cidade, realmente vai ser difícil recuperar Iguaí. Regredimos mais de 50 anos e o povo acostumou com isso que nem reclama mais.

#19Meire9 de julho de 2014, 21:13

Quando a secretaria de cultura e seus gestores não apoiam a cultura e nem quem faz cultura em uma cidade, é sinal que a cidade anda para trás. Isso que está acontecendo com a nossa quadrilha e os outros grupos relacionados a cultura iguaiense é um absurdo. A falta do apoio prometido na campanha eleitoral e presente no plano de governo deveria ser motivo de alguma punição eleitoral, pois o apoio a quadrilhas e a todas as culturas estão escritas no plano de governo do prefeito. Nós votamos nele por isso, ele prometeu apoio a tudo em seu plano de governo, e está fazendo o contrário.

#20Vera9 de julho de 2014, 21:56

Edwinson meu querido, não desista nunca, Iguaí precisa de gente como você, de sua vontade e dedicação para as quadrilhas.

#21Wagner10 de julho de 2014, 6:04

Quan alguém em Iguaí pedir seu voto prometendo cultura, não caiam novamente nessa conversa para enganar besta. Realmente a cultura daqui está sendo extinta.

#22Naldo10 de julho de 2014, 7:41

Edwilson não é o primeiro artista que quando chega em um nível alto e vira destaque sem interesse político, vem os políticos e cortam os artistas pela raiz. Com muitos foram assim e continua mais forte agora. Força Edwilson, faça como os outros, busque fazer sua cultura em outras cidades e quando esses políticos saírem do poder a gente tenta voltar e começar tudo novamente. O segredo é nunca desistir.

#23Silvia10 de julho de 2014, 14:40

Eu não sabia que tinha chegado a esse ponto, realmente uma pena. Iguaí já está sem direção na cultura e ainda não apoiam as pessoas que fazem cultura sem interesse político. A cidade vai virar uma Ibiporanga da vida.

#24Jussara10 de julho de 2014, 15:03

Que cidade é essa gente? O que tinha estão acabando e não está ficando ninguém que possa consertar isso e recomeçar nossa cultura, estão tornando Iguaí uma cidade sem cultura.

#25Gilvan10 de julho de 2014, 16:10

Parece que esse gestor ou diretor da cultura tem ódio de nossos artistas, parece que ele tem maldade em tudo que faz na secretaria de cultura, é muita ruindade, é muita loucura não apoiar e nem buscar alavancar grupos como as quadrilhas e outros grupos culturais iguaienses.

#26Calma gente10 de julho de 2014, 16:43

Calma gente, temos oturas quadrilhas dançando na prefeitura, e essas nunca irão acabar. Força Edwilson, faltam só dois anos e meio pra esse tormento cultural acabar, vai ensaiando sua quadrilha, participe de festivais mais perto e dance para o nosso povo, quando entrar gente que apoia e faz crescer a cultura, você volta a competir nos festivais de peso, aguente firme grande guerreiro e não desista assim, não vale a pena desistir.

#27Elton10 de julho de 2014, 17:29

Onde estão os projetos dos vereadores para apoiar e financiar a cultura iguaiense? Onde estão as promessas do prefeito e o apoio a cultura? Me lembro dos programas na rádio comunitária onde o prefeito falava do seu plano de governo e citou apoio as quadrilhas. A rádio deveria repetir esse programa só pra gente lembrar das promessas.

#28Milela10 de julho de 2014, 17:56

#naodesistaedwilson

#2910 de julho de 2014, 18:06

É um absurdo essa falta de apoio. Isso mostra o quanto fomos enganados. Edwilson, não se preocupe, nada em iguaí tem apoio, não é só voce não. A gente colocou esse governo lá dentro e a gente vai tirar. Logo vamos ouvir falar de novo dos muitos títulos que a quadrillha de Iguaí ainda vai ganhar.

#30Fábio10 de julho de 2014, 19:01

Iguaí virou uma terra em que a secretaria de cultura mata sua própria cultura e oprime seus artistas ao ponto de desistirem de fazer alguma arte na cidade. Chegamos ao fundo do poço.

#31Gabriela10 de julho de 2014, 19:52

Ed, é isso que eles querem, é isso que o gestor de cultura quer. Se você observar bem, antes das eleções o gestor de cultura colou em você e na quadrilha e ficou junto até ano que vem, como esse ano nem no próximo tem eleições municipais, ele se afastou e não correu atrás das coisas com você. Quando ele era candidato a vereador, ele dava entrevita na rádio falando como se sua quadrilha fosse dele, ele só estava te usando e usando a quadrilha para conseguir votos e conseguir aparecer. Ele fez isso em quase todos os grupos de cultura da cidade. Ed, esqueça o apoio dessa gente e faça do jeito que você sempre fez, do seu jeito é que dava certo, com o seu jeito é que sua quadrilha foi tantas vezes campeã. Perceba que depois que o gestor de cultura começou a dar opinião na quadrilha e tirou aquela pegada forte, a quadrilha deixou de ganhar títulos. Se afaste dos políticos, faça do seu jeito e volte a ensaiar pro ano que vem.

#32Luciane10 de julho de 2014, 21:13

Se fosse ano político aparecia um monte de candidato a vereador e a prefeito querendo dar apoio e esse figurino seria de dez mil. Mas é isso aí guerreiro Ed Wilson, não desista, se você desistir só você irá perder, você perde sua paixão e Iguaí perde um grupo cultural vencedor, mas os políticos não perdem nada, a secretaria de cultura não perde nada, o gestor de cultura não perde nada, pois eles não sabem o que é cultura e nunca fizeram parte da verdadeira cultura de Iguaí.

#33Marcos10 de julho de 2014, 21:26

Pessoal, concordo com tudo que foi escrito aqui, mas vamos pegar leve com Magno. Ele não tem culpa de ter sido colocado nesse cargo. Está certo que ele não tem experiência nenhuma com cultura e nunca fez parte dos grupos culturais da cidade, mas a culpa é do prefeito, Magno não tem culpa nenhuma de terem colocado ele para cuidar da cultura, ele deveria pedir para sair, mas ele tem planos políticos e não pode desaparecer dos eventos, mas ele só foi colocado no cargo de gestor de cultura para não ficar fora do governo e fora de evidência. Vamos culpar os verdadeiros culpados que é o prefeito que não gosta de cultura, nem de esporte, nem de lazer, nem de saúde, nem de educação e nem de segurança. Verdade seja dita, Magno não tem culpa, talvez a culpa de Magno é permanecer nesse cargo sem fazer nada.

#34Simone10 de julho de 2014, 21:51

Eles tão acabando com tudo de bom aqui na cidade, so ta ficando mafioso, traficante e puxa saco dos politico. A cidade ta virando um ninho de pesoas ruim mandano em iguai. Ninguem sabe quem governa apois o prefeito que nois votamo sumiu da prefeitura. A cidade ta largada pras cobra.

#35Gilvan11 de julho de 2014, 6:15

Tem muita coisa ainda pra acabar, ainda falta dois anos e meio de desgoverno.

#36João11 de julho de 2014, 14:16

Gente, Iguaí não metece isso, nossa cultura não merece esse descaso e essa falta de apoio. Nossos artistas sempre se viraram sozinhos, mas chega um ponto que precisam de apoio para serem do mesmo nível que os demais de fora, pena que nunca tivemos uma Secretaria de Cultura que soubesse os talentou que temos e que estamos deixando ir embora.

#37Mirele11 de julho de 2014, 15:50

É por isso que essa cidade não tem mais nada e ninguém quer fazer mais nada de bom. O prefeito prometeu prometeu e agora sumiu e deixou tudo na mão dessas pessoas que acabam com a cultura, esporte, educação, saúde. Quando eu vi quem era o secretário de saúde pude perceber a lama que tá na cidade, o cara não tem formação em saúde nenhuma e isso acontece em todos os setores. Os órgãos da prefeitura estão todos entregues para pessoas sem capacidade nenhuma. Iguaí está morrendo e não vai aguentar mais dois anos e meio pois as pessoas de bem estão deixando a cidade ou simplesmente desistindo de fazer as coisas, como Edwilson está desistindo.

#38Kely11 de julho de 2014, 16:19

Ja dancei nessa quadrilha de edwilson e não acredito que acabou. Se eu voltar a morar em iguai to vendo que nao vou encontrar mais nada de bom. A cidade deve de ta uma coisa triste. Eu sempre olho esse jornal aqui e vejo que nao tem mais nada e nao acontece nada, muita noticia ruim isso sim. Parece que acabou tudo e pelo jeito ate o clube que a a gente ia nas festas fechou pois nao vejo esse jornal publicar mais as festas do clube. Ja fui em muita festa la e bate uma saudade.

#39Edú11 de julho de 2014, 16:33

Pessoal, vamos lembrar também da Quadrilha Chapéu de Palha que também é de Iguaí e nunca teve apoio nem motivação da Secretaria de Cultura nem do seu Gestor de palavras difíceis e sem talento.

#40Vanessa11 de julho de 2014, 17:00

Lamentável essa falta de respeito pela cultura de Iguaí. A Secretaria de Cultura deveria se envergonhar em ver um grupo de tantos anos acabar desse jeito. Isso é vergonhoso para uma cidade que já foi destaque em muita coisa relacionada a cultura.

#41Gabriel11 de julho de 2014, 18:03

Se reparar-mos bem, não existe nenhum grupo genuino da cultura de Iguaí em atividade constante. Essa nova equipe cultura está dando o golpe de misericórdia. Com a desculpa de criar novos grupos culturais o gestor de cultura não fez continuar nem os grupos que já existiam. Assassinaram a motivação dos nossos artistas.

#42Sheila11 de julho de 2014, 18:32

Isso é que dá colocar gente sem capacidade nenhuma para cuidar da nossa cultura. Não desista Edwilson, essa maré de destruição da cidade irá passar. Ensaie sua quadrilha, participe dos concursos com os figurinos que der, o que importa é a arte, a vontade e o brilho da quadrilha.

#43Mônica11 de julho de 2014, 21:26

Mais quá, e vocês queriam o quê? Um prefeito que nomeia um rapaz que não sabe o que é cultura, uns vereadores que não fizeram um projeto e nem uma indicação para a cultura e ainda um povo bocó que aceitam todo o descaso que está acontecendo e ainda puxa o saco dos políticos. Me poupem. Aprendam a cobrar.

#44Renato12 de julho de 2014, 15:10

Vixe!!!! Tá acabando tudo mesmo!!! Abre o olho Iguaí!!!!

#45Rafa12 de julho de 2014, 15:53

Edwilson tem que tirar o que o Gestor de cultura colocou na cabeça dele de quê a psra fazer arte é preciso depender do estado, de prefeitura ou do próprio Gestor de cultura. Edwilson tem que fazer as coisas como sempre fez, com muito talento, dedicação, simplicidade e criatividade. Edwilson tem que se afastar dos políticos e dos oportunistas que encostaram na quadrilha para aparecer e ganhar voto. Edwilson tem que voltar a ficar junto de pessoas que realmente entendem a cultura, e o mais importante, Edwilson tem que separar dinheiro de cultura. Nenhum grupo cultural anda pra frente quando o objetivo maior é o dinheiro. Edwilson vai voltar a ser campeão se ele não deixar o sistema político da cidade entrar em sua quadrilha. Volte para suas origens Edwilson, volte para as primeiras sensasões, volte para a essência que te fez campeão.

#46Denise13 de julho de 2014, 5:30

#tanahoradeabriroolhoiguai

#47Rosivaldo13 de julho de 2014, 15:55

Eu ví muitas fases, muitas crises, muitos altos e baixos na cultura de Iguaí, mas essa é sem sombra de dúvida a pior fase cultural que Iguaí está passando. Eu pensava que Eduardo seria o pior gestor de cultura de todos os tempos, mas essa gestão atual está sendo a pior coisa que já aconteceu para a nossa cultura e para os nossos artistas que ainda estão na cidade.

#48Rita15 de julho de 2014, 17:24

Será que o prefeito acha que vamos esquecer essas coisas que ele está fazendo? Será que Magno acha que vamos esquecer o que eles está fazendo e já fez acabando e perseguindo nossa cultura? Votamos em Murilo pq Rony não apoiava a cultura e agora Murilo está fazendo pior.

#49Mara16 de julho de 2014, 16:33

O rapaz que cuida da cultura de Iguaí, aquele mesmo do vocabulário difícil que disse várias vezes que ele levava cultura onde fosse e acabou com tudo que Iguaí ainda tinha na parte cultural, voltou a frequentar Igrejas evangélicas para tentar aparecer nos eventos evangélicos, tirar fotos e postar nas redes sociais como se fosse a pessoa mais popular do mundo e seguir em sua campanha política sonhando ser vereador. Alguém tem que avisar esse rapaz que com as coisas de Deus não se brinca, que Deus é bom mas ao mesmo tempo é justo. Que ele tem que ver que esse fracasso sem volta na cultura de Iguaí foi ele que plantou no começo do ano passado, ele perseguiu, humilhou, difamou e afastou pessoas que verdadeiramente faziam cultura em Iguaí. Ele tem que pedir perdão a muita gente e depois pedir perdão para Deus.

#50Jon23 de julho de 2014, 18:59

É tanto babado que acontece nessa cidade que eu fico é besta. Pessoal, a Secretaria de Cultura e seu gestor com plumas de pavão tem certa culpa do fim da quadrilha e várias outras manifestação artística da cidade sim, mas vamos combinar que a quadrilha de Edwilson nunca teve ajuda e nem apoio de governo nenhum, a não ser ônibus para as viágens pela Bahia e pelo interior do município em época junina e tinha mais de dez anos que a quadrlha ganhava títulos com essas roupas simples e modestas, se destacando porém em outros quesitos. A quadrilha começou a perder força e características em 2011 quando o atual gestor de cultura encostou para dazer campanha, e com os seus pitacos, destruiu as principais características da quadrilha que era a criatividade, originalidade e pegada forte sem interrupção e sem pausas. Mas o que mais abalou Edwilson foram as críticas que ele vinha recebendo sobre sua narração de português deficiente, concordâncias duvidosas e timbre de voz não aceito no mundo das marcações de quadrilhas de alto nível. Edwilson tem que voltar, fazer aula vocal, criar um timbre forte de voz, estudar um pouco a lingua portuguesa, observar os grandes marcadores de quadrilha, se afastar dos oportunistas políticos e fazer essa quadrilha brilhar novamente. O resto ele sabe fazer como ninguém.

#51Bira24 de julho de 2014, 7:48

Isso é, Ed winson desiste por ser criticado, coloca a culpa numa falta de apoio que ele nunca teve e ainda tenta se promover para outras cidades alegando que aqui não da pra ganhar dinheiro com quadrilha. Ele não ta falando coisa com coisa. E outra, ele nunca tirou ninguem das drogas não. Onde estão as pessoas que ele tirou das drogas ou ajudou? Quer dar uma irmã Dulce ou quer ser vereador, um dos dois ele quer. Coitadinho ele não é. Logo no início ele desviou para construção da casa dele o dinheiro que os componentes depositava na conta da quadrila todos os meses para comprar a roupa. Dona Lene costureira pode confirmar isso, ele não pagou ela na época pela costura do figurino. Não vem com essa não, Ed wilson parou esse ano pq ano oassado todas a cidades que a quadrilha se apresentou, a narração dele foi questionada e fortemente criticada nos festivais. Se liga Ed wilson, eu não como esse reague seu. Ta querendo se aparecer.

#52Jhany24 de julho de 2014, 16:12

Edwilson so pode ta querendo aparecer mesmo. A quadrilha sempre dançou com roupas simple. Ele agora quer roupa de 5 mil. Oxe. Ele tem que ver que a quadrilha mudou, nem narrador tinha mais. Vai ensaiar tua quadrilha homem, e deixa de frescura.

#53ed wilson15 de agosto de 2014, 9:03

meu velho Bira eu Ed wilson te desafio a provar o que você postou não se fala a quilo que você não sabe não pode provar primeiro se informa para não far besteira.me procure que nos vamos resolver no foro, graças a Deus pessoas como você nuca participou da quadrilha No Lume da Fogueir ,então beijo do obro.

#54Alex3 de novembro de 2014, 3:38

oi sou Alex…
caminhei lado a lado com Ed Wilson desde do ano de 2004
ate 2013… entao gente foram anos de dificuldades e nao dias…
por iss entendo ele perfeitamente, e claro ki doi muito, passamos por muitas coisas juntos, formamos varias familias… criamos varios amigos…. tiramos varias pessoas das ruas, das drogas… fizemos de forma ki se tornassem pessoas responsáveis…. mais nao tivemos reconhecimento pelo nossos esforços…
mais tbm agente fui humilhado varios vezes….”politicamente ”
mesmo assim conseguimos titulos de expressão ki nos deram fama e respeito entre as grande quadrilhas juninas da bahia…
enfim pessoal, garanto a vcs ki falta de esforço e luta k nao fui…
lutamos e ainda lutaremos…. os governantes de iguaí ainda nao abriran os olhos pra ver tal situação? aki em são paulo antes agente vinha a passeio, hoje e única opção… resultado do desemprego em iguaí… ainda fala ki a cidade nao cresce…
agradeço a todos pelo o apoio…. Alex do gas como muitos mim conhece…. fiki com o pai

Comente esta matéria

Apelido:
E-mail:
Site:
Comentário:

Outras matériasvá para homepage

6º Workshop de beleza foi realizado em Iguaí

6º Workshop de beleza foi realizado em Iguaí(2)

Aconteceu ontem (20) e hoje (21), o 6º Workshop de Beleza em Iguaí, junto com a 1ª Feira de Cosméticos. Este ano, o evento contou como palestrante o Hair Stylist Edgar Tatua Vit, apresentando técnicas inovadoras mundialmente usadas por ele. O evento teve inicio às 8:00h de ontem (20), onde o promotor do evento Rony cabeleireiro esteve

Show Luiz Arcanjo encerra Semana do Evangélico em Iguaí

Show Luiz Arcanjo encerra Semana do Evangélico em Iguaí(2)

Na noite de ontem (20), uma multidão de pessoas marcou presença na Praça Manoel Novaes com a participação de pastores de várias igrejas e seus respectivos membros, além de pessoas das cidades circunvizinhas, que acompanharam o show de Luiz Arcanjo, cantor que foi a atração da Semana do Evangélico em Iguaí. Luiz Arcanjo, que possui influências

Grupo Novo Pentecostes realiza Kairós hoje em Iguaí

Grupo Novo Pentecostes realiza Kairós hoje em Iguaí(0)

O Grupo de Oração Novo Pentecostes da Renovação Carismática Católica (RCC) de Iguaí, que pertence à Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro estará realizando hoje (19), na Praça Manoel Novaes, a partir das 19:30h, o Kairós (Tempo de Graça). Com o tema “Conservai a unidade do Espírito pelo vínculo da paz” (Ef. 4,5), será realizado

Começa a Semana do Evangélico em Iguaí

Começa a Semana do Evangélico em Iguaí(1)

Na noite de ontem (18) deu-se início, na Igreja Evangélica Emanuel, a Semana do Evangélico de Iguaí. Com a participação de pastores de várias igrejas e seus respectivos membros iniciaram o final de semana festivo. Durante os dias 18 e 19 acontecerão palestras com a presença de diversos pastores e outras atividades religiosas na Igreja Emanuel,

Alunos de Iguaí serão avaliados através da  Campanha Nacional de Geohelmintíase, Hanseníase e Tracoma do Ministério da Saúde

Alunos de Iguaí serão avaliados através da Campanha Nacional de Geohelmintíase, Hanseníase e Tracoma do Ministério da Saúde(8)

Mais de 3.491 (três mil, quatrocentos e noventa e um) alunos com idade entre 5 e 14 anos das escolas municipais de Iguaí, serão avaliados através da Campanha Nacional de Geohelmintíase, Hanseníase e Tracoma do Ministério da Saúde em parceria com a Secretaria da Saúde e Secretaria de Educação. A ação irá realizar-se até 31

leia mais

PARCEIRO . IGUAIMIX

mattus

manoel lobo saitt

my baby - viviane otica vitoria

somai

Acesse o antigo portal

IGUAIMIX.COM WebtivaHOSTING | webtiva.com . webdesign da Bahia