O Grêmio é o finalista que fará a grande decisão da Copa do Brasil 2016 diante do seu torcedor. Em sorteio realizado na sede da CBF, no Rio de Janeiro (RJ), nesta sexta-feira (4), foram definidos os mandos de campo das duas partidas finais da competição e o clube gaúcho foi contemplado com o direito de realizar os 90 minutos finais em sua casa, na Arena do Grêmio, contra o Atlético-MG, no dia 30 de novembro. O primeiro jogo acontece no dia 23, em Minas Gerais.

(Foto:  Lívia Villas Boas / Staff Images)

(Foto: Lívia Villas Boas / Staff Images)

Representando o Galo no evento, o diretor jurídico do clube, Dr. Lásaro da Cunha, acredita que serão dois grandes jogos difíceis, mas não vê problema em decidir o título fora de casa.

– Dificuldade é com o Galo. Nós não temos problema em relação a jogos difíceis, gostamos do desafio e vamos de igual para igual com o Grêmio fazer estes dois jogos. Eles estão fazendo um ótimo campeonato, assim como nós, porém estamos muito confiantes de que podemos levar esta taça – afirmou o diretor, que relembrou a campanha de 2014 para servir de combustível nas finais desta temporada.

– Em 2014 nós pegamos vários times da Série A, tivemos jogos difíceis, conseguimos reverter resultados e pouca gente acreditava no clube. Nós gostamos de desafios e neste ano tem sido assim: na raça, na luta, com garra e esperamos fazer duas grandes partidas para sairmos vencedores do duelo. O lema do “Eu acredito!” já está incorporado na alma do atleticano. Faremos (o canto) no momento apropriado e vamos com a força da torcida em busca de mais um troféu – finalizou Dr. Lásaro.

Após 15 anos, o Grêmio chega numa crescente para a grande final, graças ao bom momento que vive atualmente. O fato de decidir a competição em casa motiva ainda mais o clube, que pode se tornar o único pentacampeão da competição. O Presidente do Imortal, Romildo Bolzan, comentou a importância de ter o mando de campo no segundo jogo.

– Para nós é extremamente importante jogar a final na Arena, fato inédito para o Grêmio no estádio. O Atlético é um adversário extremamente perigoso e nós temos de ter o cuidado para sairmos com um bom resultado, tanto no primeiro quanto no segundo duelo. Então, o fator torcida pode ser fundamental nesta decisão, e estamos felizes por podermos definir o título diante deles – avaliou Bolzan.

O lateral-direito do Grêmio Edilson também esteve presente no sorteio e falou ao site da CBF sobre a atmosfera no Rio Grande do Sul em torno desta grande final.

– Fazia muito tempo que o Grêmio não chegava à final da Copa do Brasil e a expectativa é grande. Ainda por cima podemos nos tornar a primeira equipe pentacampeã do torneio. Respeitamos muito o Atlético, mas, por decidirmos em casa, nós temos sempre de fazer o melhor para que possamos conquistar o título diante da nossa torcida – disse o lateral, que elogiou o evento e deixou um recado para os gremistas que acompanham o site da CBF.

– É a primeira vez que eu participo do sorteio e foi bastante legal. A CBF está de parabéns por tudo e pelo grande campeonato. Tenho certeza que a Arena do Grêmio vai estar lotada com todos os nossos torcedores gremistas e espero que possamos coroar a nossa campanha com este quinto título, que pode ser inédito no cenário brasileiro e para o Grêmio – concluiu Edilson.

Confira aqui a tabela e os jogos da Copa do Brasil

Por CBF